A Convenção Coletiva 2015-2017 firmada entre o Sindicato dos Estabelecimentos de Serviço de Saúde de Mato Grosso e o Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso prevê o reajuste salarial para o ano de 2016 com base no INPC (Índice Nacional de Preço ao Consumidor) para os trabalhadores que percebem salários maiores que os pisos normativos da referida convenção.

Cumpre esclarecer que o INPC é calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) desde o ano 1979, e utilizado pelo Governo como parâmetro para o reajuste de salários em negociações trabalhistas.

Desta feita, o percentual equivalente ao INPC do ano de 2015 corresponde a 11,276%, o qual deverá incidir sobre o salário do mês de fevereiro de 2016, a ser pago até o quinto dia útil do mês de março de 2016 para aqueles trabalhadores que percebem salários maiores que os pisos normativos.

Necessário destacar a inovação trazida por esta norma coletiva no ano de 2016, muito embora a data base seja em 1ª de março, o reajuste salarial deverá ser aplicado a partir de 1º de fevereiro de 2016.

Por fim, importante ressaltarmos as novas alterações nos pisos salariais para 2016, conforme abaixo:

Região Norte e Cuiabá

  1. Auxiliar de Enfermagem_________________________________R$ 940,00
  2. Técnico de Enfermagem_________________________________R$ 1.150,00     
  3. Enfermeiro____________________________________________R$ 2.150,00

Região de Barra do Garças

  1. Enfermeiro____________________________________________R$ 2.150,00

Região Sul

  1. Auxiliar de Enfermagem_________________________________R$ 940,00
  2. Técnico de Enfermagem_________________________________R$ 1.150,00     
  3. Enfermeiro____________________________________________R$ 2.383,53